Fórum sobre saúde, medicina, enfermagem, medicamentos, doenças, cirurgias, hospitais, clínicas para doentes, médicos, enfermeiros, profissionais e interessados
Ainda não iniciou sessão (Iniciar sessão ou registar-se)
    •  
      FD
    • 20 May 2010 editado
     # 1

    Vão fazer um exame na parte da manhã.
    À tarde, algo corre mal com o exame e têm que ir à urgência ao hospital (atendimento permanente).

    Quando recebem a alta vão pagar.
    A funcionária diz: "em princípio terá que pagar a totalidade".
    "Porquê?"
    "Por uma incompatibilidade entre o que fez hoje de manhã e a urgência de agora".
    A funcionária liga para a Multicare à nossa frente, do outro lado recebe a resposta de que o Dep. de Informática "já fechou" e que o cliente tem que pagar.

    O cliente paga e telefona posteriormente para saber o que se passa.

    Como o pacote de urgência contempla inúmeras coisas, entre elas o exame que se fez de manhã, não é possível facturar o mesmo exame duas vezes no mesmo dia.
    Como tal, a aplicação informática devolve o erro "acto médico incompatível".
    Algumas particularidades: o hospital do exame e da urgência são completamente diferentes, o exame em questão (um raio x) é algo pouco comum.

    Ora, isto faz algum sentido para quem paga o seguro ou para quem atende o doente? Não...
    Devia pagar 25€ e paguei 84,05€. E se não tivesse dinheiro, como é que fazia? :not_even:
    A questão não reside especialmente no dinheiro porque é possível pedir o reembolso, mas sim no incómodo, tanto pela burocracia adicional como pelo facto de ter que pagar algo que não deveria ter que pagar.

    A reclamação vai ser feita mas, aqui fica a experiência e a razão para quem passar pelo mesmo.

  1.  # 2

    Seguradoras e políticos nunca são de confiança :evil_invert: E ainda há quem defenda que a saúde devia estar entregue às seguradoras...

    O que é que correu mal num raio x, se não é indiscrição?

    •  
      FD
    • 24 May 2010
     # 3

    Era um raio x com contraste - tive que beber um líquido para o fazer.
    À tarde, dores no abdómen...

  2.  # 4

    Saudações ao forúm!
    Há muito que oiço dizer que ter um seguro de saúde é vantajoso.
    Obvio que estas situações, como acima descritas, não serão certamente a regra, mas tendo em conta que uma seguradora existe para fazer lucro, tendo em conta com o que se passa em outros países (nomeadamente EUA), questiono se a contratação de um seguro de saúde vale mesma a pena?
    Já pesquisei, a minha empresa tem acordos com seguradoras, mas sempre me mostrei reticente.
    A quem o tem, pergunto se efectivamente vale a pena em Portugal ter um seguro de saúde, atento ao que é oferecido no serviço público.
    Desde já agradecido.

    •  
      FD
    • 25 May 2010
     # 5

    Depende de quanto é que paga.
    Se a sua empresa tem acordos com seguradoras, depende em quanto é que a empresa suporta a despesa.

    Mas, eu diria que vale sempre a pena, nem que seja pela segurança de saber que está lá se precisarmos.
    Para mim é um pouco difícil falar porque pagamos apenas 35€/mês para um agregado familiar de 3 pessoas.
    A empresa da minha mulher é que paga a maior quota daí que é claramente vantajoso.
    Basta dizer que cada consulta custa-nos 10€, quando o preço ao público é 60€~90€. Se tivermos uma consulta por mês, o que acontece mais do que seria de esperar, já compensou.

    Por outro lado, há a vantagem de termos escolha - podemos ir onde quisermos sem restrições geográficas.
    No público, se bem me lembro, só podíamos ir ao nosso hospital ou ao nosso centro de saúde...

    A minha queixa prende-se mais com os tempos de espera mas, isso não tem directamente a ver com o seguro de saúde mas com o sítio onde vamos.
    Há hospitais privados em que se espera quase o mesmo ou se calhar mais tempo que nos públicos. O seguro não tem culpa mas, foi uma das razões porque se começou a ir ao privado - razão que entretanto já não tem tanta força.

    Ou seja, com isto quero dizer que, se paga por mês até por exemplo 50€ por pessoa, acho uma boa ideia subscrever um seguro de saúde.
    Se paga mais do que isso, deve olhar para o seu historial e futuro médico e ponderar muito bem se vale ou não a pena.
    Se bem que, também pagamos o seguro do carro que podemos nunca usar mas, não nos queixamos. :tongue:

  3.  # 6

    Saudações!
    Obrigado pela opinião.

  4.  # 7

    Igualmente muito importante é ler em casa, com calma, as letrinhas pequeninas todas.

  5.  # 8

    Sempre, e à lupa, eheheh!
    Algo a ponderar, obrigado
    Cumprimentos

  6.  # 9

    Os seguros de saude deveriam ser complementares ao SNS. Os seguros baseiam-se em risco, ou seja no risco de determinado evento acontecer. Não é isso que acontece com o seguro de saude, na verdade hoje é utilizado como um bem de consumo (por ex. ir 2 vezes ao mesmo medico no mesmo dia), é natural que a seguradora se salvaguarde na generalidade estando no entanto aberta para analisar casos individuais, nestes casos não me choca que o cliente avance com o dinheiro e parece-me normal) Se calhar se tivesse ido ao 1º sitio não pagaria (e se aí lhe pedissem novamente o pagameto isso sim era uma bela de uma reclamação!) Ou seja, queixa-se da unica "parte" que não teve parte activa no caso e que funciona por sistema (o MB não tem limites de levantamento por dia?) Por muito mal que pareça parece-me normal que a seguradora se defenda (diz que devia pagar 35 e pagou 80, quer dizer que a seguradora tem que pagar 2 vezes essa diferença não é? Sente-se injustiçado?

    Eu estou grata à Multicare por ter pago a quase totalidade da operação de urgência do meu filho, pelas condiçoes que isso nos proporcionou a todos e os cuidados de saude excepcionais a que ele teve direito e que eu não teria sido capaz de lhe propocionar. Sabe Deus se teria sido atendido a tempo no SNS e onde isso nos levaria, não pela falta de qualidade do SNS mas sim pelo facto de o factor tempo ter sido critico.

    Se as seguradoras são perfeitas? Não, não são... mas estao sempre presentes nas grandes desgraças - basta ver os jornais, a catástrofe na Madeira, o incêndio na auto-estrada, assim de repente - E os clientes, são sempre perfeitos?

    Que se mantenha o SNS sempre e que todos possam ter seguro de saude.


Para responder ou participar clique aqui.
Para ver mais conversas como esta clique aqui.

 
0.0243 seg.
Creative Commons License
Todo o conteúdo do Fórum Saúde tem uma licença Creative Commons Atribuição-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Portugal

Termos de Utilização e Política de Privacidade